Hugo Chávez na Veja: a Construção de Estereótipos na Revista mais Lida do Brasil

  • Jose Eduardo Mendonça Umbelino Filho Universidade Federal de Goiás
  • Francislanda Rodrigues Penha Universidade Federal de Goiás

Resumen

 

A partir de uma análise sobre a formação de imagens generalizantes em matérias da Revista Veja, este trabalho examina a cobertura do referido veículo midiático sobre a vida e a morte de Hugo Chávez, comandante venezuelano que durante catorze anos presidiu o país. A análise das reportagens, publicadas em diferentes momentos históricos, demonstra a construção de uma imagem estereotipada, a rígida formação de um personagem, cujas características estão pré-determinadas para além dos fatos e podem ser sintetizadas nas imagens do Caudilho Fanfarrão, do Golias Reeleito e da Herança Sombria. No sentido de compreender melhor esse processo de produção de imagens, o trabalho também procura detectar os mecanismos utilizados pela editoria de Política Internacional na construção e difusão da já mencionada estereotipia. 

Biografía del autor

Jornalista e Mestre em Comunicação, Cultura e Cidadania pela Universidade Federal de Goiás, Brasil. Professor da Faculdade Araguaia, Brasil. 

Jornalista, especialista em Políticas Públicas e Mestre em Comunicação, Cultura e Cidadania pela Universidade Federal de Goiás. jornalistafranrodrigues@gmail.com

Palabras clave estereótipos, jornalismo internacional, sistema de referências
Compartir
Cómo citar
Mendonça Umbelino Filho, J., & Rodrigues Penha, F. (2014). Hugo Chávez na Veja: a Construção de Estereótipos na Revista mais Lida do Brasil. Comunicación y Medios, (29), Pág. 04 - 18. doi:10.5354/0719-1529.2014.29932
Publicado
2014-07-30